A voz que vem da poesia

#

Com 15 apresentações e três espetáculos (Poesia para Brasília, Cordel e cantoria,Memória e resistência), o projeto Poesia em voz alta—arte, reflexão e emoção chega à cidade com o objetivo de apresentar a escrita poética de maneira lúdica. A ideia é que o público participe de maneira ativa, com reflexões e discussões sobre poesia.

O poeta e curador do projeto, João Bosco Bonfim, acredita que os jovens estão entre os que mais apreciam a poesia, que pode aparecer em diferentes formatos, como a boa letra de música, o rap, o hip-hop e grafittis. “O ser humano é o que experimenta no campo intelectual e afetivo. O cotidiano pode ser aterrador. A poesia alimenta a dimensão espiritual — as emoções, o que está fora de nossas vistas e do consumo. Uma sociedade com poesia será mais rica em afeições, em esperança, em fé, em busca do sublime e mais humana, portanto, mais solidária”, afirma João Bosco.


SERVIÇO

Poesia em voz alta: arte, reflexão e emoção

Auditório Cyro dos Anjos – Associação Nacional de Escritores (707/907 Sul Bl. F). Hoje, às 20h. Entrada franca.

Classificação livre.


Fonte: Divirta-se mais, Correio Braziliense

assinaturasAPRESENTAÇÃOPROMOTORA